Um desabafo

Hoje ao contrário do que tenho feito até aqui, gostava de escrever em tom de desabafo.

Desde 2008 que ando por cá a blogar. Creio que fui o primeiro, ou dos primeiros, a escrever sobre o Código da Estrada. Se não o primeiro, dos primeiros, e certamente o primeiro a criar este conceito que hoje podem ver aqui no blog Passar no Código.

Com o passar do tempo tenho visto muitos a pegarem nas minhas ideias e copiá-las. Às vezes chegam ao ridículo de copiarem frases inteiras. Agora até há quem assine os posts como eu tenho feito desde sempre, como O Instrutor. É claro que há muitos instrutores e não posso querer que outros não tenham o direito de o fazerem. Mas parece-me feio quando se vê que é claramente uma cópia, sem nada ou pouco a acrescentar de novo. Dou os parabéns às coisas novas que têm surgido, mas não às coisas que têm aparecido por aí que são claramente uma cópia do meu blog. Tenham um bocado de brio, e façam coisas novas. Escrevam à vossa maneira, e não usem o copy e paste. Obrigado.

Sem comentários: